Top Menu

[ Resenha ] Um Estudo em Rosa

 Para os fãs de Sherlock Holmes, cada novidade é uma alegria para os nossos corações, ainda mais se tratando da série da BBC, quem acompanha desde 2010 assim como eu, tem em mente que a paciência é uma grande virtude se tratando da série, a cada três anos uma temporada nova com apenas três episódios é um martírio pra descobrir do que acontece com Sherlock e Watson durante esse hiatus.

  Apesar do fracasso da quarta temporada (minha opinião) não deixamos de imaginar que uma quinta seja melhor, mesmo que demore mais três anos pra ela. Então para matar essa angustia a Panini conseguiu a publicação aqui no Brasil com a versão mangá do detetive britânico. Até o momento temos três edições, respectivamente de cada episódio da primeira temporada.
São eles: Um Estudo em Rosa, O Banqueiro Cego e O grande Jogo.
  Mas vamos nos situar em Um Estudo em Rosa, nesse primeiro volume, vemos igualmente como a série a forma como Sherlock e Watson se conhecem, de certo modo quando comecei a ler me vi dentro da série novamente, com cada dialogo e vozes passando pela minha cabeça, desde o momento em que Watson pisa no laboratório até a última cena em que aparece Microft Holmes.
  Neste primeiro volume temos toda a trajetória do começo da parceria e amizade do detetive e doutor, como se conheceram, o primeiro caso juntos e toda a excentricidade de Sherlock é colocada nos tracos e falas. 
   Aquela ansiedade que nos deixa grudados nas telas fez com que ficássemos nas folhas a procura da solução do caso, como eu tinha assistido a série lá no inicio, quando comecei a ler tive a vontade de fazer uma maratona e claro apresentar as obras e personagens ao namorado que antes nunca tinha ouvido falar de Sherlock Holmes da BBC.
  Sherlock é um ser excêntrico que gosta de investigar casos misteriosos que desafiam a Scotland Yard, policia londrina, intitulado um sociopata muito funcional, sempre está a procura de algo novo, um caso sem solução que com sua mente astuta e um pouco desequilibrada consegue achar a resposta. Quando procura um apartamento novo acaba se encontrando com o John Watson, um médico militar que após atingido no Afeganistão volta pra Londres a procura de um lugar mais calmo tentando deixar para trás toda a guerra e os traumas que ela trouxe.
  O primeiro caso dos dois juntos é uma série de suicídios que se espalham pela cidade, mas não é tão simples assim e a união dos dois fazem com que corram contra o tempo para achar esse serial killer antes que mais pessoas morram.
 Com traços leves e muito bem detalhados, podemos ver as características dos personagens em cada página, passamos a leitura correndo assim como fizemos no episódio inicial de mais de uma hora de duração, talvez tenha sido esse o tempo de leitura ou um pouco menos, afinal quando se prende á história deve apreciar cada detalhe.
  Lembrando que Sherlock está disponível na Netflix com todas as temporadas atualizadas.
Xoxo

10 comentários :

  1. Os mangás retratam a história tal como na série? Eu gosto da série, mas como li os livros fico meio incomodada com as mudanças das histórias originais de Doyle. Algumas meio bobas, tipo, por que mudar Um estudo em vermelho para "rosa"? :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É exatamente igual a série, bem, para a atualidade do século XXI eles fizeram algumas modificações, porque nos livros originais a linguagem é mais clássica e não tem a tecnologia que apresentam pela adaptação da BBC.
      Xoxo

      Excluir
  2. Oi, tudo bem?
    Sabe que nem assisti essa série ainda. Gosto muito das histórias do detetive, e até gostaria de ler esses mangás (apesar de não ser meu forte). Gostei da dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São super facinhos de ler, recomendo, afinal é uma boa e rápida leitura e bem fiel a série.
      Xoxo

      Excluir
  3. Velho, Holmes chegando a outras formas! MANGA? agora fomos surpreendidos! Puxa, uma pena q se inspira nasérie, não no livro... Mas tá valendo :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já tentou ver a série? É em um contexto atual, mas tem toda a caracterização do Holmes dos livros, os aspectos do personagem que encantam no livro para a tv.
      Xoxo

      Excluir
  4. Oii!! Parabéns pelo seu blog. Acho que ainda não tinha passado por aqui. Eu AMO essa série, e realmente quando comecei a ler a sua resenha eu pensei que ao ler o livro eu iria me ver dentro do seriado. O que deve ser uma experiência muito boa. Acredito que livros tem mais detalhes pra gente e assim conseguimos complementar o seriado. Parabéns pelo post. Beijo

    http://www.verdadeescrita.com/ela-era-tempestade-no-meio-da-calmaria/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor.
      Acredite quando li me imaginei novamente assistindo a série, relembrando os fatos e escutando a voz dos personagens a cada fala que lia. É super amorzinho.
      Xoxo

      Excluir
  5. Só agora que eu consegui vir ver essa publicação maravilhosa.
    Sou suspeita (vc sabe) pq eu AMO sherlock, bene e esse universo da BBC.. Nem sei se teremos uma 5 temporada (acho que não), mas estou nervosa pq a Panini enrola demais


    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Clayci! Foi por causa de ti que achei o mangá, que a propósito adorei.
      Olha tu sabe que não fui fã da 4ª temporada, mas não recusaria uma 5ª.
      Agora em relação a Panini quero ver eles agilizarem pro próximo mangá.
      Xoxo

      Excluir

Copyright © Secret Magic. Designed by OddThemes